terça-feira, 5 de abril de 2011

A saga do pediatra

Deus, me pergunto mensalmente porque é tão difícil assim seguir as recomendações da OMS e do Ministério da Saúde. TODO dia passa a propagandinha dizendo: amamente até os dois anos de vida ou mais, sempre na hora que o bebê quiser etc e tal e mesmo assim tem peiatra que tem coragem de me mandar retirar as mamadas.

Ok, foi assim:

Hoje Aurora completou sete lindos meses e nós estamos tentando achar um pediatra mais ou menos. Sabe, já desistí de achar um pediatra bom aqui! Um mais ou menos serve! A última mandava dar suquinho de limão com "pouquinho açúcar ou mel", além de não fazer o exame físico direito (não verificava a barriguinha, nem a bimbinha, só pesava e media) e me mandar dar SETE fucking vacinas em um mês só. Pois bem, mês passado ao voltar da consulta dessa Dra. I. resolví marcar outro pediatra, o Dr. L., que uma vez atendeu a Aurora numa emergência.

Pois bem, lá chegamos no Dr. L. e jogamos a real: ela não vai comer carne, mama em livre demanda e vai mamar até quando quiser. O Dr. L. recomendou que a gente desse "só o caldinho" pq tem minerais essenciais pro crescimento dela (não soube dizer quais minerais eram esses), falou pra espaçar as mamadas pq com essa idade ela só precisa mamar 3 vezes ao dia (não sei da onde ele tirou essa informação) e que ela não quer comer direito pq mama no peito, além de ter citado um caso trágico de uma criança de 5 anos que mamava e era desnutrida. Falou que meu leite só tinha proteínas a essa altura de campeonato e me passou umas mil vitaminas, além do tal do ferro. Que nessa idade os bebês já sabem direitinho o que fazer pra nos manipular.


Não sei porque cargas d'água nego deixa um profissional assim desatualizado clinicar! Não sei mesmo!
Porque ela precisa mamar só 3 vezes por dia? Da onde ele tirou essa informação? Ele perguntou pra Aurora se ela só precisa mamar 3 vezes ao dia?
A amamentação é o carro chefe da alimentação até 1 ano de idade. A alimentação até os 12 meses é COMPLEMENTAR.

Caro Dr. L., meu leite é ótimo,muito bem obrigada. Ela vai mamar até quando quiser, quantas vezes ela quiser e como ela quiser. Se ela tivesse essa capacidade toda de manipulação, já estaria há muito comendo danoninho e colocando o dedinho nas tomadas. hehehe
E se crianças vegetarianas precisam comer carne por conta do ferro que "está mais biodisponível na carne", então porque crianças onívoras também tem que tomar suplementação de ferro?
Além do mais, não vou sair dando mil complexos vitamínicos sendo que nenhum exame foi prescrito para avaliar deficiências vitamínicas, tampouco há nenhum sintoma clínico que justifique a ministração dos mesmos.



ÓDIO mortal, principalmente por saber que muita mãe desinformada e com vontade de amamentar prolongadamente deve ter parado pra seguir as recomendações desse "Dotô".
NÃO VAI DESMAMAR E PONTO!
NÃO VAI COMER CARNE!
NÃO PRECISA DE 300 MIL VITAMINAS DIFERENTES PQ DIFERENTES DAS OUTRAS MÃES, MINHA FILHA TEM UMA ALIMENTAÇÃO VARIADA (e não come danoninho hehe).


beijos

3 comentários:

Catarina disse...

Aretha, querida, sabe qual foi a "solução" aqui em casa pra não ter que passar por essa saga em busca de um bom pediatra?

Não levamos ela num pediatra!

L. só viu um pediatra uma vez na vida, com 2 meses. As (poucas) vacinas que toma dou no postinho público com enfermeira, que aproveita pra medir e pesar. A última vez foi com 6 meses. Ontem, com 8 meses, levei numa farmácia e pesei lá mesmo só pra ver se continuava seguindo bem a curva de peso da OMS. E como continua, pronto!

Flavia disse...

Afe!
Realmente ter um pediatra que apoie 100% a amamentação tá mais dificil que nunca.
O pior é justamente isso que vc fala no final... tem muita mãe mal informada que por mais tenha querido amamentar prolongadamente acredita fielmente no pediatra... e depois de mamadeiras mil, pra engordar, pra dormir toda a noite (?)... se lamentam porque os bebes já não querem mamar.

bjo

Mamãe Natural disse...

Adorei seu blog...temos vários pensamentos semelhantes, acho que isso é bom né?rs
Ainda bem que encontrei uma ótima pediatra aqui, mas foi difícil.
Mas como vc disse, tem muita mãe mal informada e pior ainda, com medo de estar errando que acaba na mão de maus pediatras e o bebê acaba sofrendo as consequências.