segunda-feira, 2 de abril de 2012

Bebê pélvico - o que fazer?

Todo mundo acha que bebê pélvico só nasce de cesárea, e é na verdade o que a maioria dos médicos indica quando isso acontece. Mas na verdade há uma série de técnicas que podem ajudar o bebê a ficar na posição "correta", só que o que o médico quer mesmo fazer é uma bonita cesárea em você pra ele poder operar mais 5 no mesmo dia e ainda jantar com a família dele. Aqui eu coletei algumas técnicas e exercícios que podem te ajudar a fazer o seu bebê virar (lembrando que o parto pélvico é possível sim! claro que tem alguns riscos e que a maior parte dos médicos não sabe como fazer, mas uma boa parteira certamente saberá assistir esse tipo de parto). 

Versão Externa
A versão externa consiste basicamente em posicionar o bebê pélvico (o famoso bebê que tá com a perninha pro lugar errado) de modo que ele fique cefálico (com a cabeça virada pra abertura do canal vaginal). É um tanto quanto dolorida, e se eu não me engano alguns médicos utilizam anestesia pra realiza-la.


Acupuntura
Existem alguns pontos do corpo que podem ser estimulados afim de fazer o bebê se posicionar para cefálico. Um bom profissional de acupuntura pode te ajudar com algumas sessões.

Rebozo
Rebozo consiste basicamente em posicionar o bebê (e dar alívio e conforto para a mãe) com um pano. A parteira mexicana Naoli é fera nessa técnica e tem alguns vídeos no youtube com demonstrações.

E por fim, há alguns exercícios que podem ser feitos. Aqui nessa página há mais técnicas e passo-a-passo dos exercícios. Várias amigas minhas fizeram e deu super certo: http://parirenatural.blogspot.com.br/2010/02/bebe-pelvico-como-virar.html

Então, se seu méRdico vier com essa ladaínha de que "bebê pélvico tem que ser cesárea", questione! Faça os exercícios, tente outras técnicas, enfim, corra atrás, pq dá sim!

3 comentários:

...Família Colorida... disse...

Isso sem falar que um parto pélvico é possível, lá no Sofia sempre tinha alguns partos pélvicos. Mas é realmente mais arriscado, especialmente quando é primeira gestação. Eu ainda tenho minhas dúvidas se encararia ou não um parto pélvico, caso meu bebê não virasse de jeito nenhum. Decisão complicada.
Essa técnica da Naoli é mesmo sensacional! Segundo ela, funciona em quase 90% dos casos! Ela ensinou a técnica no workshop que participei dela, aqui em BH.... pena que a maioria das mulheres nem tenta NADA, é só saber que o bebê tá pélvico que já agenda a cesa. Foda.

Bjs

Raphaela Rezende disse...

Eu faria a Versão Externa novamente se tivesse outro bebê pélvico. Mas só em TP ou com mais de 38 semanas. Se não desse, encaro um parto pélvico.

Beijos Aretha!

Rapha

Ciranda Materna - Atividades criativas para bebês e crianças

Maternar Consciente

Ludmila Menecucci disse...

Nossa.... tudo isso que ela escreveu, pareceu um filme de terror... como assim ela foi "amarrada" para fazer a sutura????
Nossa....fiquei espantada em ler tudo isso...
Fiz uma cesaria no meu primeiro filho, e nao foi facil a recuperação, mas em 1 semana eu ja estava ate subindo a escada de casa.... e agora, 4 anos depois, estou gravida de novo, e pensei mesmo em ter um parto normal, porque conversei com meu medico, e ele disse que SIM, é possivel fazer um parto normal, depois de ter feito uma cesaria... Mas, sinceramente, depois de ter lido tudo isso.... descartei essa ideia.