segunda-feira, 22 de agosto de 2011

Das bizarrices Lavrenses


Daí que como eu disse num post antigo, eu sempre levo a Aurora pra dividir um açaí comigo na praça. Programa mãe e filha, o papai quase nunca vai. Como sempre, o povo vem me enxer o saco por conta do açaí.
Dessa vez eu fui "assaltada" por duas mães que, além de fofoqueiras (faltou perguntarem qual a cor da calçinha que eu usava no dia da concepção da Aurora) e intrometidas, novamente voltaram à questão do açaí:

" Mas não é muito forte pra dar pra ela não? Quantos meses ela tem?
- Ela tem 1 ano (vai fazer) e não, não é forte. Forte pra dar pra criança é danoninho, toddy e outras porcarias que todo mundo dá e ninguém discute"

Ha, mas que porra! TODA vez que eu vou na maldita praça vem um idiota falar alguma coisa! Será que nunca na minha vida eu vou poder dar açaí pra Aurora sem ter que dar uma resposta atravessada pra alguém? Eu tenho cara de irresponsável (além da minha cara de 13 anos e maloqueira)?

Sério, amigas e amigos queridos (hahaha sem irônia Lu & cia), alguém pode me dizer qual o problema do açaí? Juro que eu não sei e gostaria muito de saber, mesmo! Prometo não ficar brava!!!

2 comentários:

Maíra disse...

Ô Aretha, esse povo é intrometido mesmo neh, pelo amor de Deus! Tipo, independente se tivesse uma mãe dando batata frita pro bebê dela (coisa que repugno), eu JAMAIS diria nada, porque não é da minha conta! Que coisa, né?
Mas eu não vejo problema nenhum com Açaí, na real o único problema é que não é a fruta fresca né, aí seria perfeito! Mas a polpa congelada ainda é mil vezes melhor que dar essas porcarias todas que você citou. Agora, em quase todos os locais eles colocam xarope de guaraná no açaí, aí já não sei se é muito saudável, porque é bastante estimulante e tem bastante açúcar (eu acho!), de repente você pode pedir pra eles não colocarem o xarope de guaraná no seu açaí.

Beijos!

Rapha, mãe da Alice disse...

É só mostrar que fofura que ficam as crianças com a boca roxa.

Uma pergunta: Como vc é em relação a falar palavrões na frente da sua cria? É que tô começando a ficar com medo da minha aprender...

Beijocas!